9 de setembro de 2016

CAMONISTA - Vanda Anastácio





Vanda Anastácio

Camonista, professora de literatura e cultura portuguesas, editora literária... Tem dedicado especial interesse ao teatro de Luís de Camões.

Fotografia, in perfil no Facebook, 2016.

Conheça o trabalho desta investigadora aqui e na sua página oficial.






CAMONIANA 



Vídeo, no Youtube. - clique na legenda.



Visões de Glória: uma introdução à poesia de Pêro de Andrade Caminha

2 vols., Lisboa: FCG-JNICT, 1998.

– Edição da tese de doutoramento, 4 vols., Lisboa: UNL, 1993.


  • (2001) Lectures de Pétrarque parmi les poètes de la generation de Camões, in BLANC, Pierre (ed.) Dynamique d’une expansion culturelle: Pétrarque en Europe XIV-XXe siècle, Paris: Honoré Champion, 685-702.
  • (2004) Leituras potencialmente perigosas: reflexões sobre as traduções castelhanas de Os Lusíadas no tempo da União Ibérica, Revista Camoniana, Bauru/SP: EDUSC, 3.ª série, n.º 15 (2004), 159-178.
  • (2005) Leituras potencialmente perigosas: as traduções castelhanas de Os Lusíadas no tempo da União Ibérica. S.l.: Peter Lang, 93-105. – Sep. de: Portugal e Espanha, Encontros e Desencontros.
  • (2005) Pensar o Petrarquismo, Revista Portuguesa de História do Livro, Lisboa: Centro de Estudos de História do Livro e da Edição, ano VIII, n.º16 , 41-80.






  Teatro completo de Luís de Camões


    Prefácio, notas e fixação do texto por Vanda Anastácio. 
    Porto: Caixotim, 2005. 



  • (2006) Nota Breve acerca de El-Rei Seleuco, Santa Barbara Portuguese Studiesspecial issue: Luís Vaz de Camões Revisitado, coord. José A. Bernardes. Santa Barbara, vol. VII, (2006], 213-220.
  • (2010) Géneros literários referências clássicas na Cultura Portuguesa do Renascimento à Época Moderna. Coautoria com Inês de Ornellas e Castro. Lisboa: Centro de Estudos Clássicos-FLUL.
  • (2011) D. Francisca de Aragão, in Dicionário de Camões. Coord. Vitor Manuel de Aguiar e Silva). Lisboa: Caminho, 33-38.
  • (2011) Infanta D. Maria, in Dicionário de Camões. Coord. Vitor Manuel de Aguiar e Silva). Lisboa: Caminho, 566-572.
  • (2011) Pero de Andrade Caminha, in Dicionário de Camões. Coord. Vitor Manuel de Aguiar e Silva). Lisboa: Caminho, 107-109.
  • (2014) Pêro de Andrade Caminha e Carolina Michaëlis de Vasconcelos: achegas para a história da edição de Joseph Priebsch, in DELILLE, Maria Manuela Gouveia; João Nuno Corrêa-Cardoso e John Greenfield (orgs.) Carolina Michaëlis e Joaquim de Vasconcelos: a sua projecção nas artes e nas letras portuguesas. Porto: Fundação Eng.º António de Almeida- FLP, [evento de 2013], 471-500.
  • (2015) Diffusing drama: manuscript and print in the transmission of Camões’s plays, in EARLE T. F.; Catarina Fouto (eds.) The reinvention of theatre in sixteenth-century europe. traditions, texts and performance. London: Legenda, MHRA and Maney Publishing, 281-296.
  •  (2015) O Teatro, in José Augusto Cardoso Bernardes (coord.) Camões nos prelos de Portugal e da Europa. A Biblioteca Camoniana de D. Manuel II. Coimbra: Imprensa da Univ.-Fundação da Casa de Bragança, 109-150.
  • (2015) Uma Biblioteca Humanística: os objectos procuram aqueles que os amam: catálogo da exposição. Lisboa, FCG.